A paz esteja convosco!

Leitura: 1 - Act 2, 1-11; Sal 103 (104), 1ab e 24ac. 29bc-30. 31 e 34

Leitura: 2 - 1 Cor 12, 3b-7. 12-13

Evangelho: Jo 20, 19-23

 

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João

Na tarde daquele dia, o primeiro da semana, estando fechadas as portas da casa onde os discípulos se encontravam, com medo dos judeus, veio Jesus, apresentou-Se no meio deles e disse-lhes: «A paz esteja convosco». Dito isto, mostrou-lhes as mãos e o lado. Os discípulos ficaram cheios de alegria ao verem o Senhor. Jesus disse-lhes de novo: «A paz esteja convosco. Assim como o Pai Me enviou, também Eu vos envio a vós». Dito isto, soprou sobre eles e disse-lhes: «Recebei o Espírito Santo: àqueles a quem perdoardes os pecados ser-lhes-ão perdoados; e àqueles a quem os retiverdes ser-lhes-ão retidos».

Palavra da salvação.

 

 

Vinde, ó santo Espírito,

vinde, Amor ardente,

acendei na terra

vossa luz fulgente.

 

Vossos sete dons

concedei à alma

do que em Vós confia:

 

Virtude na vida,

amparo na morte,

no Céu alegria.


Agenda litúrgica semanal – Semana X do Tempo Comum – Ciclo A 

09/06S. Efrém, diácono e doutor da Igreja – MF – Verde ou br. (Semana II do Saltério)

L 1           1 Reis 17, 1-6; Sal 120 (121), 1-2. 3-4. 5-6. 7-8

Ev            Mt 5, 1-12

10/06 – S. Anjo da Guarda de Portugal – MO – Branco

L 1           Dan 10,2a.5-6.12-14ab; Sal 90 (91), 1 e 3. 5b-6. 10-11. 14-15

Ev            Lc 2, 8-14

11/06S. Barnabé, Apóstolo – MO – Vermelho

L 1           Act 11, 21b-26; 13, 1-3 (própria); Sal 97 (98), 1. 2-3ab. 3c-4. 5-6

Ev            Mt 5, 17-19 ou Mt 10, 7-13 (apropriado)

12/06Verde – Ofício da féria

L 1           1 Reis 18, 41-46; Sal 64 (65), 10abcd. 10e-11. 12-13

Ev            Mt 5, 20-26

13/06 – S. António de Lisboa, presbítero e doutor da Igreja, – MO – Branco

L 1           Sir 39, 8-14 (gr. 6-11); Sal 18 B (19B), 8. 9. 10. 11

Ev            Mt 5, 13-19

14/06 - Santa Maria no Sábado – MF – Verde ou br.

L 1           1 Reis 19, 19-21; Sal 15 (16), 1-2a e 5. 7-8. 9-10

Ev            Mt 5, 33-37

 

Meditação

Espírito Santo. «Para manter vivo o ardor missionário, é necessária uma decidida confiança no Espírito Santo, porque Ele «vem em auxílio da nossa fraqueza» (Rm 8, 26). Mas esta confiança generosa tem de ser alimentada e, para isso, precisamos de O invocar constantemente. Ele pode curar-nos de tudo o que nos faz esmorecer no compromisso missionário. É verdade que esta confiança no invisível pode causar-nos alguma vertigem: é como mergulhar num mar onde não sabemos o que vamos encontrar. Eu mesmo o experimentei tantas vezes. Mas não há maior liberdade do que a de se deixar conduzir pelo Espírito, renunciando a calcular e controlar tudo e permitindo que Ele nos ilumine, guie, dirija e impulsione para onde Ele quiser. O Espírito Santo bem sabe o que faz falta em cada época e em cada momento. A isto chama-se ser misteriosamente fecundos!»

Papa Francisco – Exortação Apostólica Evangelii Gaudium, Nº 280.

1e.png